High Line, o parque que cresce sobre trilhos em NY

Erguido em 2009 sobre uma antiga linha férrea de Manhattan, o High Line Park inaugura nova seção e dobra de tamanho. Sua extensa área verde de 2,5 km convive em harmonia com a paisagem de concreto e aço da Big Apple

São Paulo – No lugar de vagões de carga, canteiros com plantas, jardins, bancos de madeira elegantes e espreguiçadeiras, guarda-sóis, pista exclusiva para pedestres, nada de semáforos. Assim é o High Line (Linha Elevada), parque nova-iorquino erguido sobre uma antiga linha férrea da cidade, que se tornou atração turística concorrida e exemplo mundial de urbanismo sustentável. Criado em 2009, o parque inaugurou nesta semana uma nova seção, que o estende por mais 10 quarteirões, cerca de um quilômetro, no bairro de Chelsea, sudoeste de Manhattan.

A extensa área verde, elevada a oito metros do chão, convive harmoniosamente com a paisagem de concreto e aço da Big Apple. É possível desfrutar de uma caminhada agradável ao longo de 2,5 km de pistas em meio a natureza, que cortam 19 quadras e ligam três bairros diferentes, sem sinal de carros nem de bicicletas. O projeto que transformou em patrimônio arquitetônico a antiga linha férrea da década de 30 também tem contribuído para uma transformação meteórica do entorno. Segundo projeções da prefeitura de NY, foram investidos pelo menos dois bilhões de dólares em construção de novos hotéis, lojas, galerias de arte e restaurantes.