Hamas e Jihad Islâmica reivindicam disparos de morteiros contra Israel

Israel respondeu ao ataque de foguetes realizado pelo Hamas e pela Jihad Islâmica com bombas na região central da Faixa de Gaza

O movimento islamita Hamas, que controla a Faixa de Gaza, e a Jihad Islâmica reivindicaram conjuntamente os dezenas de disparos de morteiros contra território israelense nesta terça-feira.

Os braços armados do Hamas e da Jihad Islâmica anunciaram em um comunicado conjunto, algo pouco comum, sua “responsabilidade nesses ataques contra posições militares e assentamentos sionistas próximos à Faixa de Gaza”.

Esses “crimes israelenses não podem ser tolerados de forma alguma”, disseram as duas organizações.

“Todas as opções estão abertas”, acrescentou o texto.

O exército de Israel realizou durante toda o dia os bombardeios na Faixa de Gaza, em resposta aos disparos de projéteis contra seu território.