Hamas aceita trégua de 12 horas na Faixa de Gaza

Um funcionário americano já havia anunciado que o Exército israelense observaria um cessar-fogo de 12 horas a partir das 4h GMT

Gaza – Um dirigente do movimento islâmico palestino Hamas disse nesta sexta-feira à AFP que seu grupo observará um cessar-fogo de 12 horas a partir da manhã deste sábado na Faixa de Gaza.

“O Hamas aceita um cessar-fogo de 12 horas” a partir da manhã de sábado, disse o dirigente, que pediu para não ser identificado.

Um funcionário americano já havia anunciado que o Exército israelense observaria um cessar-fogo de 12 horas a partir das 04H00 GMT (01H00 Brasília) de sábado, o que não foi confirmado por Israel.

O dirigente israelense disse ao jornal Haaretz que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu informará o secretário-americano de Estado, John Kerry, e o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, que Israel concorda com um “cessar-fogo humanitário” a partir das 07H00 local (01H00 Brasília) de sábado.

Segundo o dirigente, o cessar-fogo deve permitir o envio de água, alimentos e medicamentos à população na Faixa de Gaza, onde as organizações internacionais poderão entregar ajuda humanitária.

Kerry, que anunciou mais cedo seu fracasso em obter um cessar-fogo entre Israel e o Hamas, revelou que se reunirá no sábado, em Paris, com seus homólogos do Catar e da Turquia, e com diplomatas britânicos e franceses, para seguir discutindo uma trégua durável.