Há provas de que Assad coordenou ataque químico, diz Macron

O presidente da França disse que tem provas de uso de armas com cloro na semana passada, e que o responsável é o presidente sírio

Paris – O presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou nesta quinta-feira que há provas de que o regime sírio de Bashar al-Assad usou armas químicas no ataque de sábado à cidade de Douma, mantida por rebeldes.

“Nós temos prova de que na semana passada armas químicas foram usadas – pelo menos cloro -, e elas foram utilizadas pelo regime de Bashar al-Assad”, afirmou Macron em entrevista na televisão.

O presidente francês não deu detalhes sobre como as provas teriam sido obtidas. Macron disse que trabalha juntamente com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e que eles decidirão sobre como responder ao episódio “quando isso seja mais útil e eficiente”. Fonte: Dow Jones Newswires.