Guterres: “Igualdade de gênero é tarefa pendente de nosso tempo”

Diplomata português lembrou que as mulheres estão reivindicando há décadas o seu direito à igualdade e agora estão "abalando os pilares do patriarcado"

Nações Unidas – O secretário-geral da ONU, António Guterres, apoiou nesta quinta-feira os esforços renovados em favor da igualdade de gênero e garantiu que essa questão “é a tarefa pendente de nosso tempo”.

“Estamos em um momento-chave para os direitos das mulheres“, disse Guterres na abertura do ato com o qual as Nações Unidas comemoram hoje o Dia Internacional da Mulher.

O diplomata português lembrou que as mulheres estão reivindicando há décadas o seu direito à igualdade e agora estão “abalando os pilares do patriarcado”.

“(As mulheres) estão contando suas histórias e gerando conversas importantes e necessárias. Em todas as partes, as mulheres estão dizendo: ‘agora é o momento'”, destacou o secretário-geral.

Guterres, num aplaudido discurso, pediu que esse impulso seja aproveitado para avançar rumo à igualdade, para acabar com a violência sexual e para conseguir mudanças verdadeiras.

“Isso é o que as mulheres e meninas querem. E isso é o que eu quero. E é o que todo homem e menino sensato deveriam querer”, comentou Guterres.

O secretário-geral da ONU deixou claro que as sociedades permanecem dominadas pelos homens e opinou que, enquanto não houver uma divisão justa, o mundo seguirá em desequilíbrio.

“No mundo todo temos que ouvir as mulheres e meninas que, com razão, estão proclamando seus direitos. Devemos acompanhá-las como companheiros (…) para fazer da igualdade de gênero uma realidade para todos”, insistiu Guterres.