Guterres chega a Cuba para assembleia da Cepal e reunião com Díaz-Canel

Secretário-geral da ONU participará da abertura do 37º período de sessões da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe

Havana – O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, iniciou nesta segunda-feira sua primeira visita oficial a Cuba, onde se reunirá com o novo presidente do país, Miguel Díaz-Canel, e participará da abertura do 37º período de sessões da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal).

Guterres chegou ao aeroporto internacional José Martí, de Havana, pouco depois das 14h locais (15h em Brasília) e foi recebido pelo vice-ministro de Relações Exteriores de Cuba, Abelardo Moreno.

Seguindo o protocolo habitual, o secretário-geral participará de uma homenagem no monumento do herói independentista José Martí, na Praça da Revolução de Havana, e posteriormente será recebido pelo novo presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel.

Guterres discursará amanhã na abertura do 37º período de sessões da Cepal, assembleia que reunirá representantes de 25 países da região para discutir temas como desenvolvimento e desigualdade.

A expectativa é que o secretário-geral da ONU também se encontre com alguns dos líderes regionais que irão a Havana para representar os 46 países-membros e 13 países-associados da Cepal.

O secretário-geral da ONU já esteve em Cuba em 1999, quando era primeiro-ministro de Portugal, para participar da IX Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo.

A última vez que um secretário-geral da ONU visitou a ilha foi em 2016. Ban Ki-moon esteve em Havana para participar da assinatura do acordo de paz entre o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia. Cuba foi mediador e sede do diálogo por quatro anos.