Guiné-Bissau fecha fronteira com Guiné por ebola

Anúncio foi feito nesta terça-feira pelo primeiro-ministro Domingos Simoes Pereira

Bissau – Guiné-Bissau decidiu fechar suas fronteiras com a Guiné, um dos três países mais atingidos pela epidemia do vírus ebola, anunciou nesta terça-feira o primeiro-ministro Domingos Simoes Pereira.

“À luz das informações fornecidas pelo ministro da Saúde, após uma série de consultas, o Governo da Guiné-Bissau decidiu fechar até nova ordem suas fronteiras com a Guiné-Conakry “, disse Pereira durante uma coletiva de imprensa.