Guaidó pede que novo governo da Espanha aborde crise na Venezuela

Juan Guaidó falou sobre "o triunfo da democracia na Espanha" e pediu que o novo governo trabalhe na construção de saídas para a crise na Venezuela

Caracas — O chefe do Parlamento da Venezuela, Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino por 50 países, entre eles a Espanha, desejou neste domingo que o novo governo deste país tenha “como prioridade a construção de saídas” para a crise venezuelana.

“Somos unidos pela fraternidade histórica e pela confiança em que nesta nova fase o Governo espanhol terá como prioridade a construção de saídas para a crise da Venezuela”, escreveu Guaidó na sua conta do Twitter.

Além disso, Guaidó comemorou “o triunfo da democracia na Espanha” com as eleições realizadas neste domingo e defendeu “o bem-estar de todos os espanhóis”, se bem que não parabenizou diretamente o presidente do governo, Pedro Sánchez, que venceu o pleito como líder do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE).