Grupo vencedor do Nobel da Paz pede fim das bombas nucleares

A Campanha Internacional para a Abolição de Armas Nucleares (Ican, na sigla em inglês) recebeu o Prêmio Nobel da Paz este ano

Oslo – A líder do grupo que venceu o Prêmio Nobel da Paz este ano pediu no domingo que as nações nucleares adotem um tratado nas Nações Unidas banindo as armas nucleares com o objetivo de evitar “o nosso fim”.

A Campanha Internacional para a Abolição de Armas Nucleares (Ican, na sigla em inglês) recebeu o Prêmio Nobel da Paz este ano de um comitê da premiação que citou a disseminação de armas nucleares e o crescente risco de uma guerra atômica.

A Ican é uma coalizão de 468 grupos não governamentais locais e não hierarquizados que fizeram campanha pelo Tratado de Proibição de Armas Nucleares da ANU, adotado por 122 países em julho.

O tratado não é assinado por – e não se aplica a – qualquer um dos Estados que já têm armas nucleares. A diretora executiva da Ican, Beatrice Fihn, insistiu para que assinem o acordo.