Grupo separatista basco ETA aposenta parte de arsenal

Iniciativa do grupo basco se espelha no processo de desarmamento ocorrido na Irlanda do Norte

Bilbao – O grupo separatista basco ETA colocou fora de uso parte do seu arsenal de armas e explosivos, disseram nesta sexta-feira os observadores internacionais que monitoram o cessar-fogo dos militantes, mas não estava claro quanto do estoque havia sido inutilizado.

A iniciativa do grupo basco se espelha no processo de desarmamento ocorrido na Irlanda do Norte, onde republicanos e paramilitares unionistas se livraram das suas armas em frente a testemunhas independentes, como parte de um acordo de paz que terminou com décadas de violência.

“Nós verificamos que o ETA colocou fora de uso uma certa quantidade de armas e explosivos”, afirmou o chefe da comissão internacional, Ram Manikkalingam, à imprensa em Bilbao.

“Acreditamos que essa é uma medida significativa”, disse Manikkalingam, que não respondeu a perguntas depois da curta declaração.

A comissão mostrou aos jornalistas um inventário de três páginas de armas entregues, que inclui dois rifles, dois revólveres, munição, duas granadas, 16 kg de material químico para explosivos.

O ETA anunciou um cessar-fogo unilateral há dois anos, depois de quatro décadas de ataques nos quais mais de 800 pessoas morreram. O grupo tem sido enfraquecido por centenas de prisões e falta de apoio na região basca.