Greve de controladores de tráfego cancela voos na França

Tráfego nos aeroportos parisienses de Orly e Charles de Gaulle-Roissy seguia com "cancelamentos programados"

Paris – Uma greve de controladores de tráfego aéreo provocou nesta quarta-feira graves problemas na França, onde as companhias se viram obrigadas a cancelar até 40% dos voos previstos.

O tráfego nos aeroportos parisienses de Orly e Charles de Gaulle-Roissy seguia com “cancelamentos programados”, mas não de último minuto.

Mas, segundo fontes aeroportuárias, os atrasos podem se acumular no decorrer do dia.

A companhia Air France manteve 60% dos voos, enquanto a Ryanair cancelou mais de 200 voos.

A greve prosseguirá na quinta-feira, já que o SNCTA, principal sindicato dos controladores aéreos, que representa metade dos 4.000 funcionários, convocou uma paralisação de dois ou mais dias.

A próxima está previsto de 16 a 18 de abril e a terceira de 29 de abril a 2 de maio.

O sindicato exige negociações sobre a organização do trabalho e a idade mínima para a aposentadoria dos controladores de tráfego aéreo geral, que é de 57 anos atualmente e que o governo deseja elevar para 59.