Grécia pede ajuda à UE para acolher 100 mil refugiados

"Não podemos fazer frente a todos os refugiados que chegam", afirmou a porta-voz Olga Gerovassili

A Grécia apresentou nesta terça-feira um plano de emergência à União Europeia para acolher em seu território 100.000 refugiados, muitos dos quais estão bloqueados no país.

“Não podemos fazer frente a todos os refugiados que chegam”, afirmou a porta-voz Olga Gerovassili, indicando que o plano prevê uma ajuda de 480 milhões de euros e que há mais de 23.000 refugiados no país.