Governo egípcio diz que Trump enfatizou amizade entre os países

O presidente Abdel-Fattah el-Sissi declarou que o líder americano prometeu continuar a "desenvolver" o relacionamento dos EUA com o Egito

Cairo – O governo do Egito disse que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ligou para o presidente egípcio, Abdel-Fattah el-Sissi, para enfatizar a “força da amizade” entre os dois aliados.

O governo disse, depois do telefonema, no fim de quinta-feira, que o líder americano prometeu continuar a “desenvolver” o relacionamento dos dois países para “superar quaisquer obstáculos”.

Washington não confirmou imediatamente o telefonema. A ligação segue a decisão do governo Trump de cortar ou adiar o pagamento de quase US$ 300 milhões em ajuda militar e econômica ao Egito por questões de direitos humanos.

O Egito reagiu com raiva e o Ministério de Relações Exteriores do país chamou a decisão dos EUA de “julgamento errôneo da natureza das relações estratégicas que vincularam os dois países há décadas”.

O corte na ajuda também foi uma surpresa, devido aos laços cada vez mais próximos entre Trump e el-Sissi.

Fonte: Associated Press.