Governo adia plano de elevar gasolina para início de 2013

O governo iniciará uma política para reduzir a diferença entre os preços no mercado doméstico e internacional para que a Petrobras cumpra seu programa de investimento

São Paulo – O governo adiou para o início de 2013 o plano de aumentar o preço da gasolina para evitar que a inflação se aproxime de 6 por cento este ano, segundo uma autoridade com conhecimento da decisão.

O governo pretende iniciar em 2013 uma política para reduzir a diferença entre os preços da gasolina no mercado doméstico e internacional para garantir que a Petróleo Brasileiro SA consiga cumprir seu programa de investimento, disse a autoridade, que pediu anonimato porque as discussões não são públicas.

Segundo a pessoa, os investimentos da Petrobras são essenciais para o cumprimento da meta de crescimento econômico de pelo menos 3 por cento no próximo ano.

A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, disse ontem em Brasília que a estatal espera um aumento da gasolina e que não há data definida para isso.

“Evidentemente que se espera um aumento, não tem nenhum efeito no caixa”, disse Graça a jornalistas. “A depender de brent e câmbio, a necessidade se torna mais premente, mas hoje na fotografia do caixa e dos investimentos estão absolutamente harmonizados.”