Governador do Texas diz que furacão trará “inundações históricas”

O poderoso Harvey, já de categoria 3, se aproxima da costa central do Texas sob a ameaça de "perigo extremo"

Austin – O governador do Texas, o republicano Gregg Abbott, alertou nesta sexta-feira que o estado sofrerá “inundações históricas” com a chegada do furacão Harvey, que deve chegar à terra entre a tarde de hoje e madrugada de sábado.

“(Harvey) vai provocar inundações históricas em múltiplos locais”, indicou o governador em entrevista coletiva, na qual tambem pediu que a população se prepare para um “desastre muito grande”.

O poderoso Harvey, já de categoria 3 segundo a última atualização do Centro Nacional de Furacões (CNH), se aproxima da costa central do Texas sob a ameaça de “perigo extremo” por conta da tempestade com chuvas intensas e ventos fortes.

Abbott pediu em uma carta enviada ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que declare estado de desastre no Texas antes da chegada do furacão para que ele possa ter acesso aos fundos federais de emergência.

“A concessão desta solicitação proporcionará aos texanos os recursos adicionais necessários para protegerem a si mesmos e seus bens e reconstruírem as suas vidas se for necessário após a passagem do furacão”, escreveu.

O governador se dirigiu à imprensa após ser informado pela Divisão de Administração de Emergências do estado sobre a situação que o Texas enfrentará nas próximas horas.

“O estado do Texas está respondendo a este furacão de uma maneira muito agressiva para minimizar qualquer perda de vidas”, declarou o governante.

Abbott informou que atualmente há sete refúgios abertos para as pessoas que necessitem um lugar seguro durante a passagem do furacão e garantiu que há capacidade para ativar um total de 54 espaços.

O governador declarou nesta semana o estado de emergência de maneira preventiva em 30 condados situados no sudeste do Texas e ordenou ao Centro de Operações do Estado (SOC) que elevasse o nível de preparação.

Nesta sexta-feira, Abbott ordenou a ativação de aproximadamente de 700 membros da Guarda Nacional do Exército do Texas, da Guarda Nacional Aérea e da Guarda do Estado do Texas, que estarão prontos para agir em tarefas de emergência e resgate.

Harvey mantém todo o seu potencial destruidor de gerar acumulações de chuva de até três pés de altura (91 centímetros) e ventos de furacão de categoria 3 (entre 178 e 208 quilômetros por hora).

Um prognóstico que, segundo os especialistas do Centro Nacional de Furacões, aponta Harvey como um “risco muito grave” e “ameaça para as vidas humanas”, segundo disse à Agência Efe Scott Stripling, meteorologista desta instituição.

Veja também