Google utiliza balsa para transportar funcionários

Dessa forma, o gigante de buscas da internet responde a críticas de estar sobrecarregando a cidade com os ônibus para seus funcionários

São Francisco – A Google Inc. começou a levar seus funcionários de São Francisco para o Vale do Silício em uma balsa, em meio a críticas de que o gigante de buscas da internet e outras companhias de tecnologia estão sobrecarregando a cidade com os ônibus para seus funcionários.

A Google contratou a empresa Multinational Logistics Services para administrar o programa, de acordo com Peter Dailey, vice-diretor marítimo no Porto de São Francisco.

Durante o teste de 30 dias um catamarã com capacidade para 149 passageiros levará os funcionários do Ferry Building em São Francisco para Redwood City. Uma taxa será paga ao porto como parte do teste, disse Dailey.

As companhias com campus no Vale do Silício da Califórnia têm estado sob uma pressão cada vez maior por causa dos grandes ônibus que elas enviam a São Francisco para levar seus funcionários para o trabalho.

Os ônibus ocupam muito espaço nas ruas e aumentam o tráfego, e os funcionários ricos das empresas de tecnologia contribuíram para a alta dos preços das casas, dizem alguns moradores.

As companhias e a cidade, no entanto, dizem que os ônibus tiram milhares de carros das estradas, reduzindo o tráfego e beneficiando o meio ambiente.


No começo desta semana, um grupo de empresas incluindo Google, Apple Inc., Facebook Inc. e Genentech Inc. concordou em pagar à cidade uma taxa diária para que os ônibus utilizem os pontos de ônibus existentes como parte de um programa piloto, para cobrir os gastos administrativos, disseram em um comunicado o prefeito Ed Lee e a Agência Municipal de Transportes de São Francisco.

O acordo também estabelecerá diretrizes para o uso dos pontos de ônibus.

“É claro que nós não queremos causar inconvenientes aos moradores de São Francisco e estamos procurando formas alternativas para os funcionários da Google irem trabalhar”, disse ontem a empresa com sede em Mountain View, Califórnia, sem fazer comentários específicos sobre o novo serviço de balsa.

Impacto para a cidade

Os conflitos sobre os ônibus e sobre o impacto dos funcionários relativamente ricos que moram na cidade de São Francisco sublinham os desafios da gentrificação em uma cidade que já passou por booms anteriormente, disse Phil Bronstein, presidente executivo do Centro de Jornalismo de Investigação, com sede na área da baía de São Francisco.

“É uma mudança cultural”, disse Bronstein em uma entrevista para a Bloomberg Television.

O serviço de balsa da Google foi anunciado pela emissora de TV de São Francisco KPIX 5.