Fuzileiro russo mata oficial ucraniano, diz ministério

Esta é a segunda morte de um ucraniano desde que a Rússia tomou o controle da península no mar Negro

Kiev – Um soldado russo matou a tiros um oficial da Marinha ucraniana na Crimeia, informou o Ministério da Defesa da Ucrânia nesta segunda-feira, a segunda morte de um ucraniano desde que a Rússia tomou o controle da península no mar Negro.

O presidente russo, Vladimir Putin, tem exaltado a ação do Exército praticamente sem violência na tomada da Crimeia depois que a população local decidiu se juntar à Rússia em um referendo realizado no mês passado, mas a morte do militar pode elevar a tensão entre Rússia e Ucrânia.

“Um fuzileiro russo matou um oficial desarmado. Ele matou o major com dois tiros”, disse o porta-voz da Marinha ucraniana Vladislav Seleznyov.

A primeira morte de que se teve notícia na Crimeia após a invasão russa aconteceu em Simferopol, quando um homem armado desconhecido matou um oficial ucraniano enquanto ele estava operando uma torre em uma base.