Futuro premiê do Japão comete gafe e troca Obama por Bush

Um dia depois a vitória do conservador Partido Liberal Democrático nas eleições legislativas japonesas, político anunciou que recebeu ligação de parabéns de Washington

“Conversei com o presidente Bush… eeh Obama”. O futuro primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, cometeu uma gafe ao anunciar nesta segunda-feira que recebeu uma ligação telefônica do presidente dos Estados Unidos.

Um dia depois da esmagadora vitória do conservador Partido Liberal Democrático (PLD) nas eleições legislativas de domingo, Abe anunciou a um grupo de empresários que recebeu uma ligação de parabéns de Washington.

Ao ouvir as risadas, o futuro chefe de Governo percebeu a gafe e se corrigiu, mencionando o nome do democrata Barack Obama.

Shinzo Abe foi primeiro-ministro durante um ano, entre 2006 e 2007, quando George W. Bush ocupava a Casa Branca.

Durante a conversa, os dois governantes destacaram a importância dos laços estreitos entre Washington e Tóquio, segundo um porta-voz da Casa Branca.

Abe Obama “reafirmaram a importância da aliança nipo-americana, pedra fundamental da paz e da segurança na região”, e “concordaram com a importância de uma cooperação estreita americana e japonesa a respeito dos assuntos regionais e globais”, declarou o porta-voz Jay Carney.