Fusão vai criar gigante do setor de cabo

<I>UGC e Liberty Media International unem operações internacionais para criar a Liberty Global, com receita anual de US$ 4 bilhões</I>

Os acionistas da UnitedGlobalCom (UGC) e da Liberty Media International concordaram com a unificação de suas operações internacionais de televisão a cabo, formando a Liberty Global Inc. A companhia terá 11 milhões de clientes em 18 países, gerando uma receita anual superior a 4 bilhões de dólares. O valor de mercado da nova gigante do setor será de 11 bilhões de dólares.

A decisão, diz The Wall Street Journal, é uma vitória para o magnata John Malone, envolvido numa campanha de convencimento dos investidores. A criação de uma companhia única é o primeiro passo para o plano de investir pesadamente em seus mercados mais importantes, Europa e Japão, para expandir os negócios.

A UGC é a maior operadora de cabo em países como França, Holanda e Polônia. Já a Liberty é proprietária de uma grande participação acionária na maior operadora de cabo do Japão.