Furacão Otto deixa 9 mortos em passagem pela Costa Rica

Um comunicado afirmou que as 3 novas vítimas tinham 11, 30 e 38 anos, todas moradoras do setor de Bijagua de Upala, uma das mais afetadas pelo furacão

San José – As mortes provocadas pelo furacão Otto na Costa Rica subiram para nove, e entre as vítimas há dois menores de idade, informaram nesta sexta-feira as autoridades do país.

Um comunicado do Órgão de Investigação Judicial (OIJ) afirmou que as três novas vítimas tinham 11, 30 e 38 anos, todas moradoras do setor de Bijagua de Upala, uma das mais afetadas pelo furacão.

As autoridades também informaram sobre a morte de um bebê de apenas 8 meses na mesma localidade.

Em Bagages, as equipes de resgate encontraram os corpos de três homens, de 24, 37 e 45 anos, e de uma mulher, também de 45 anos, todos membros de uma mesma família.

Eles morreram após o imóvel que estavam desabar devido a um deslizamento de terra. Ainda há um corpo para ser identificado no local.

O furacão atingiu com força o norte da Costa Rica, especialmente as comunidades de Upala, Los Chiles, Guatuso, Bagaces e La Cruz, onde foram registrados grandes danos materiais e um número ainda não determinado de desaparecidos.