Furacão nos EUA; IPO do Snap…

Furacão na Flórida

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama declarou estado de emergência na Flórida diante da chegada do furacão Matthew, que já matou 140 pessoas – 136 delas no Haiti – e foi classificado como “mortal” pelo governo. Os ventos na região chegaram a 205 km/h nesta madrugada, e o governador Rick Scott aconselhou 1,5 milhão de pessoas vivendo em áreas de risco a deixarem a cidade. “Vocês precisam partir. Evacuem, evacuem, evacuem”, disse.  Cerca de 1.500 voos foram cancelados e parques temáticos locais, como o Disney World, vão cancelar as atividades até que o furacão passe.

__ 

Trump aceita muçulmanos?

O presidenciável republicano Donald Trump mudou de ideia quanto ao banimento total de muçulmanos residentes nos Estados Unidos, de acordo com seu vice, Mike Pence, governador do estado de Indiana. Em entrevista a um programa da rede de televisão CNN nesta quinta-feira, quando perguntado porque apoia uma possível expulsão dos muçulmanos agora, Pence afirmou que, na verdade, não é a favor de um banimento total, pois “essa não é a posição de Trump no momento”. Segundo Pence, Trump deseja apenas impedir a vinda de muçulmanos de regiões potencialmente perigosas à segurança nacional.

 __

Assad: força máxima em Alepo

Após duas semanas de intensos ataques do governo sírio à Alepo, o presidente sírio Bashar al-Assad ofereceu anistia a forças rebeldes na cidade, caso eles decidam se render ao governo. A intensidade dos ataques foi diminuída na quarta-feira para que as pessoas pudessem deixar o local, e segundo o governo, quem não aproveitar a oportunidade “arcará com um destino inevitável”. Assad afirmou que pretende intensificar ainda mais as investidas e recuperar o controle da cidade, que é a maior área urbana controlada pelos rebeldes. Os Estados Unidos acusam o governo sírio — e a Rússia, que apoia Assad — de cometem crimes de guerra contra civis.

 __

Samsung: fogo em avião

A empresa de tecnologia Samsung informou que vai averiguar se o celular que pegou fogo em um voo nos Estados Unidos é, de fato, um de seus aparelhos Galaxy Note 7. Na quarta-feira, um smartphone explodiu num avião da Southwest Airlines em Kentucky, e o dono do telefone afirmou que se tratava de um Note 7. A empresa retirou o modelo do mercado em setembro, após dezenas de aparelhos terem explodido ao redor do mundo, devido a um defeito em suas baterias.

__ 

Snapchat na bolsa

O aplicativo de compartilhamento de fotos Snapchat vem analisando a possibilidade de entrar na bolsa em março do ano que vem, segundo o jornal The Wall Street Journal. A proposta inicial seria de 25 bilhões de dólares em ações. Seria a maior oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de uma empresa de tecnologia desde que a companhia de e-commerce chinesa Alibaba entrou na bolsa, em 2014. Em maio, o Snapchat recebeu 1,8 bilhão em financiamentos, e espera arrecadar 1 bilhão somente em receita de anúncios no próximo ano.

 __

Twitter cai

As ações do Twitter caíram 20% nesta quinta-feira, fechando em 19,87 dólares, após notícias de que empresas estariam desinteressadas na compra da rede social. A companhia havia solicitado propostas dentro do prazo de duas semanas, mas o site de tecnologia Recode informou que a Alphabet, companhia-mãe do Google, e a empresa de entretenimento Disney decidiram não fazer ofertas pelo Twitter. A fabricante de software em nuvem Salesforce.com seria a única empresa ainda interessada na compra.