Funcionários públicos convocam greve durante Jogos Olímpicos

Trabalhadores do Ministério do Interior britânico foram convocados para greve na véspera da abertura das Olimpíadas

Londres – Milhares de trabalhadores do Ministério do Interior britânico, entre eles os responsáveis pelo controle de fronteiras em aeroportos, foram convocados a realizar uma greve no dia 26 de julho, na véspera da abertura das Olimpíadas.

O sindicato de Serviços Públicos e Comerciais (PCS, na sigla em inglês) informou nesta quinta-feira que a greve terá duração de 24 horas e afetará, entre outros serviços, os postos de controle de passaportes em portos e aeroportos britânicos, como o aeroporto de Heathrow, o de maior trânsito da Europa.

O sindicato, que conta com cerca de 250 mil trabalhadores públicos, afirmou, além disso, que seus membros se negarão a trabalhar horas-extras entre os dias 27 de julho e 20 de agosto, período de intensa atividade, considerado pelos responsáveis de Heathrow como “o maior desafio que afrontou o sistema de transporte britânico em tempos de paz”.

O governo anunciou há poucas semanas que aumentaria para 700 o número de pessoas dedicadas ao controle de fronteiras no maior aeroporto do país, a fim de evitar filas como as que já foram formadas no início do verão europeu.

O sindicato anunciou a greve como medida de protesto pelas condições trabalhistas e adiantou que planeja tomar “novas medidas” se as reivindicações não forem acatadas.

A ministra britânica de Interior, Theresa May, qualificou de “vergonhosa” a decisão de greve por parte dos trabalhadores em um dos “dias-chave” para o país, que espera receber milhares de pessoas por conta dos Jogos Olímpicos.

Ainda nesta quinta-feira, os motoristas da empresa ferroviária Midlands Oriental Trains também anunciaram uma greve dos motoristas da empresa por três dias em agosto. Segundo os grevistas, a intervenção deve acontecer entre os dias 6 e 8 de agosto, o que afetaria serviços de trem entre Londres e aeroportos como Gatwick, Stansted e Luton, assim como a ligação entre a capital do país e outras sedes do Jogos, como Manchester e Newcastle.