Funcionário da ONU é contaminado com ebola na Libéria

Funcionário dos serviços médicos da Minul foi diagnosticado depois de apresentar sintomas do vírus em 5 de outubro

Monróvia – Um integrante estrangeiro da missão das Nações Unidas para a Libéria (Minul) contraiu o vírus ebola, informou Karin Landgren, representante especial do secretário-geral da ONU.

Em um comunicado, Landgren afirma que o funcionário dos serviços médicos da Minul, cuja identidade e nacionalidade não foram revelados, foi diagnosticado depois de apresentar sintomas do vírus em 5 de outubro passado.

Landgren havia anunciado na semana passada a morte de um empregado liberiano provavelmente por causa do ebola.

A Minul tomou medidas de isolamento e descontaminação e seguirá aplicando as precauções que permitiram evitar qualquer contágio de seus empregados até o final de setembro, apesar dos milhares de militares, policiais e civis da Minul viverem e operarem nas zonas afetadas.