Fujimori tem vantagem sobre Humala em pesquisa eleitoral no Peru

Filha de Alberto Fujimori tem 40,6% das intenções de voto contra 37,9% de Humala

Lima – A parlamentar de direita Keiko Fujimori tem uma pequena vantagem sobre o nacionalista de esquerda Ollanta Humala para a eleição presidencial no Peru no dia 5 de junho, de acordo com uma pesquisa da Datum apresentada nesta quinta-feira.

A pesquisa nacional, publicada no jornal Peru 21, mostrou Fujimori com uma liderança de 2,7 pontos, ficando com 40,6 por cento das intenções de votos contra 37,9 por cento de Humala.

É a segunda vez nesta semana que uma pesquisa mostra Fujimori abrindo vantagem sobre Humala. A margem de erro e a quantidade de entrevistados na pesquisa da Datum não estavam imediatamente disponíveis, embora o levantamento tenha mostrado que mais de um quinto dos eleitores estão indecisos na corrida apertada. As outras pesquisas da Datum tinham margem de erro de 1,4 ponto.

Humala é um antigo oficial do Exército que fez campanha como um esquerdista moderado, mas assustou os investidores com a sua plataforma política mais radical. Ele está em uma corrida cabeça a cabeça com Fujimori, que tem a confiança dos investidores.

Os mercados no Peru despencaram depois que Humala venceu o primeiro turno no dia 10 de abril, mas se recuperaram parcialmente com a aposta dos investidores na vitória de Fujimori.

Três outras pesquisas mostram um empate técnico. Levantamento da Ipsos Apoyo no domingo deu uma liderança de dois pontos para Fujimori, a sua primeira na corrida presidencial, mas esse montante está dentro da margem de erro.

Antes da recuperação, o valor de mercado do índice de ações do Peru despencou em 18 bilhões de dólares em menos de três semanas, de acordo com a corretora Maximixe.

A moeda local, o sol, também está em um período volátil em uma das economias que crescem com mais velocidade no mundo, com impressionantes 9 por cento no ano passado, apesar de um terço dos peruanos ainda viver em pobreza.