Fronteira líbia com o Egito está sob controle dos opositores, diz Al Jazeera

Local está sendo utilizado por egípcios que estão fugindo do país pela repressão do regime de Kadafi

Cairo – A fronteira líbia com o Egito ficou sob controle das forças opositoras do regime de Muammar Kadafi, garantiu nesta terça-feira a rede catariana “Al Jazeera”.

A emissora citou fontes egípcias na fronteira, que revelaram que os militantes da oposição assumiram o controle da zona nas últimas 12 ou 24 horas.

Esse ponto está sendo utilizado por egípcios que estão fugindo do país pela repressão do regime de Kadafi contra militantes da oposição. Cerca de 1,5 milhão de egípcios vivem atualmente na Líbia.

Segundo a emissora, a situação nesse ponto limítrofe, a 1,6 mil quilômetros de Trípoli, é completamente caótica.

Benghazi, a segunda maior cidade da Líbia e localizada entre Trípoli e a fronteira com o Egito, ficou sob controle dos manifestantes da oposição.

Um advogado afirmou à “Al Jazeera” que os opositores também tomaram o controle da cidade de Al Bayda, situada entre Benghazi e a fronteira com o Egito.