Franceses querem greve geral como a de 1995

Segundo pesquisa realizada pelo BVA, 54% dos franceses querem uma grande greve caso o governo não desista de reformar a aposentadoria

Paris – Um total de 54% dos franceses são favoráveis a uma greve geral como a de 1995, caso o governo não recue na intenção de reformar o sistema de aposentadoria, segundo uma pesquisa do instituto BVA para o Canal Plus divulgada nesta quinta-feira.

“Se o governo se negar a recuar no aumento da idade mínima legal para a aposentadoria, você seria favorável ou contrário a que os sindicatos organizassem uma greve geral como em 1995?”: esta foi a pergunta que recebeu 54% de apoio à paralisação.

Ainda de acordo com o instituto, 45% das 1.016 entrevistados foram contrários à ideia.

A pesquisa foi realizada na semana da quarta jornada de manifestações contra a reforma convocada pelos sindicatos franceses, na última terça-feira.

A mobilização de terça-feria foi acompanhada por uma nova greve geral, que continua em dois setores chave: transporte ferroviário e refinerias.

O projeto de reforma continua sendo examinado no Senado. O governo do presidente Nicolas Sarkozy quer elevar de 60 a 62 anos a idade para obter a aposentadoria e aumentar de 65 a 67 anos a idade para receber a pensão completa.

Leia mais notícias sobre a França

Siga as notícias do site EXAME sobre Mundo no Twitter