França vai desbloquear € 1,5 bi em ativos líbios

O objetivo do auxílio é ajudar o Conselho Nacional de Transição na reconstrução do país

Paris – A França acaba de obter, depois dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha, autorização para desbloquear 1,5 bilhão de euros (US$ 2,1 bilhões) congelados e repassá-los ao Conselho Nacional de Transição (CNT) líbio, anunciou nesta quinta-feira o ministro das Relações Exteriores, Alain Juppé.

“A França obteve a permissão para descongelar 1,5 bilhão de euros, de maneira que a reconstrução possa começar”, declarou o chanceler à rádio RTL.

“Há bilhões de dólares congelados. Os americanos desbloquearam ativos, os britânicos farão os mesmos, assim como os alemães e os franceses, o que permitirá ao CNT começar a trabalhar”, completou.