França mobilizará 110 mil agentes de segurança neste final de semana

O governo reforçou a segurança neste final de semana por conta das comemorações do feriado da Queda da Bastilha e pela final da Copa no domingo

Paris – A França mobilizará neste fim de semana 110 mil policiais e gendarmes e 44 mil bombeiros em um dispositivo de segurança “de amplitude excepcional” devido às comemorações pelo Dia da Queda da Bastilha, no sábado, e por causa da final da Copa do Mundo de futebol entre as seleções francesa e croata, no domingo.

Mais de 230 áreas para torcedores serão disponibilizadas por todo o país para que cerca de 1 milhão de espectadores possam acompanhar em telões o duelo entre França e Croácia, um número que pode aumentar devido às solicitações que as prefeituras estão recebendo, explicou nesta sexta-feira em entrevista coletiva o ministro do Interior, Gérard Collomb.

A maior dessas áreas estará no Campo de Marte, em Paris, com capacidade para 90 mil espectadores e na qual serão mobilizados 4 mil agentes, detalhou Collomb, que disse que será montado um perímetro no qual haverá um controle duplo, nos quais serão revistadas todas as pessoas que queiram entrar.

Em Estrasburgo, no leste do país, a ‘fan fest’ será em um parque e terá capacidade para 25 mil pessoas, enquanto em Toulouse, no sul, e em Lyon, no leste, as áreas destinadas aos torcedores terão capacidade para 20 mil pessoas cada uma.

Se a França vencer, “o dispositivo será ainda mais reforçado”, afirmou o ministro, que não quis adiantar o plano para uma hipotética celebração na segunda-feira durante o retorno dos jogadores de Moscou, algo que deve ser anunciado pelo presidente, Emmanuel Macron.

Antes de tudo isso, a noite de hoje e toda o dia de amanhã estarão marcados pelas comemorações do feriado nacional da Queda da Bastilha, que inclui centenas de celebrações por todo o território francês, queima de fogos de artifício e o tradicional desfile militar na avenida Champs-Élysées em Paris.

Para esse último ato, que contará com a presença de Macron, serão mobilizados 2.900 policiais e gendarmes que estabelecerão um perímetro de segurança duplo, e o mesmo se repetirá durante a noite para uma grande apresentação de música popular no Campo de Marte sob a supervisão de 2.200 agentes.

Na região metropolitana de Paris, o número de integrantes das forças da ordem em serviço durante o fim de semana será de 12 mil, e 3 mil deles se dedicarão especificamente a impedir que a festa derive em distúrbios, em particular nos bairros conflituosos.

Os grupos de elite da polícia e da gendarmaria – GIGN, RAIDE e BRI – também estarão de prontidão se for necessária qualquer intervenção, especialmente em caso de ataque terrorista.