França: Hollande amplia vantagem sobre Sarkozy

A pesquisa, feita pela CSA em 16 e 17 de abril, mostrou que Hollande está com 29% da intenção de voto, enquanto Sarkozy está com 24%

Paris – O presidente da França, Nicolas Sarkozy, perdeu terreno para seu rival do Partido Socialista, François Hollande, apenas alguns dias antes do primeiro turno da eleição, dia 22 de abril. A pesquisa, feita pela CSA em 16 e 17 de abril, mostrou que Hollande está com 29% da intenção de voto, enquanto Sarkozy está com 24%. O candidato socialista ganhou dois pontos porcentuais desde a última pesquisa, feita em 10 e 11 de abril, enquanto Sarkozy perdeu dois pontos. Na pesquisa anterior, os dois candidatos estavam quase em empate técnico.

A sondagem também mostrou que Hollande ampliou sua vantagem sobre Sarkozy em um eventual segundo turno, que deverá ocorrer em 6 de maio. Hollande teria 58% dos votos no segundo turno, enquanto Sarkozy, candidato da União por um Movimento Popular (UMP), de centro-direita, teria 42%. A margem de diferença entre os dois candidatos ampliou-se em dois pontos a favor de Hollande para o segundo turno, em comparação à última pesquisa. A sondagem da CSA entrevistou 886 eleitores registrados. A pesquisa não informou qual é a margem de erro.

A pesquisa sugere que os esforços de Sarkozy nos últimos dias, para convencer os eleitores franceses de que ele é mais qualificado que Hollande para liderar a economia francesa, não estão dando certo. Sarkozy também tem dito que o Banco Central Europeu (BCE) precisa ter seu papel ampliado para fomentar o crescimento econômico e não apenas controlar a inflação. No ano passado, Sarkozy comprometeu-se com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, a não fazer comentários sobre a política econômica do BCE, informa o Wall Street Journal.

Sarkozy minimizou os resultados da pesquisa da CSA em uma entrevista nesta quarta-feira. “Temos três dias para esperar, vamos esperar pacificamente”, afirmou.

As informações são da Dow Jones.