França critica Reino Unido e afirma que sua situação é melhor

O ministro de Economia francês, François Baroin, afirmou não entender por que as agências de classificação de risco ameaçam Paris e não Londres

Paris – O ministro de Economia francês, François Baroin, considerou nesta sexta-feira ‘muito preocupante’ a situação econômica do Reino Unido e apontou que a francesa é melhor, e afirmou não entender por que as agências de classificação de risco ameaçam Paris e não Londres.

‘A situação econômica do Reino Unido é atualmente muito preocupante e é preferível ser francês a ser britânico neste momento’, disse Baroin na emissora ‘Europe 1’.

O ministro acrescentou que o país vizinho tem ‘um déficit equivalente ao da Grécia’ e ‘um nível de endividamento’ como o francês.

Questionado sobre por que atacar a economia britânica, Baroin respondeu: ‘Não temos lições a receber de ninguém’.

As críticas do titular de Economia acontecem um dia depois que o presidente do Banco da França, Christian Noyer, considerou injustas as ameaças das agências de qualificação a Paris, enquanto Londres não foi atacada.

‘A redução (da nota França) não me parece justificada em vista de seus alicerces econômicos. Senão, deveriam começar por rebaixar o Reino Unido, que tem mais déficit, a mesma dívida, mais inflação, menos crescimento e cujo crédito afunda’, indicou Noyer ao jornal ‘Le Télégramme’.

Baroin acrescentou que a França cumprirá seus compromissos de déficit, apesar do Instituto Nacional de Estatística ter rebaixado na quinta-feira à noite em um ponto as previsões de crescimento da economia francesa para 2011.