França convoca novo conselho de Defesa após atentados

A convocação foi feita após a procuradoria informar que o belga Abdelhamid Abaaoud foi identificado como um dos terroristas mortos

Paris – O presidente da França, François Hollande, presidirá nesta quinta-feira um novo conselho de Defesa com membros do Executivo para fazer um balanço da situação interior e exterior após os atentados de sexta-feira em Paris, informou o palácio do Eliseu.

A convocação foi feita após a procuradoria informar que o belga Abdelhamid Abaaoud, considerado o cérebro desses ataques, foi identificado como um dos terroristas mortos na quarta-feira no assalto de Saint-Denis, na região metropolitana da capital.

O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, disse que Abaaoud teve “um papel determinante” na preparação dos ataques e que tinha estado envolvido também em quatro das seis tentativas de atentados evitados ou fracassados desde o início deste ano.

A reunião conselho começou às 16h (14h em Brasília). Não estão previstas declarações ao final do encontro.

Fontes do Eliseu disseram à Agência Efe que participarão o primeiro-ministro, Manuel Valls, e os ministros de Defesa, Jean-Yves Le Drian, de Interior, Bernard Cazeneuve, e de Relações Exteriores, Laurent Fabius.