França afirma que 10 cidadãos morreram no terremoto do Nepal

Um porta-voz do Ministério indicou perante a imprensa que dois franceses morreram em Katmandu e outros oito no vale do Langtang

Paris – O Ministério de Exteriores da França assegurou nesta segunda-feira que o número de mortos franceses no terremoto do Nepal chegou a dez, frente aos quatro confirmados até o momento.

Um porta-voz do Ministério indicou perante a imprensa que dois franceses morreram em Katmandu e outros oito no vale do Langtang.

Até agora, a França tinha reconhecido quatro falecidos no terremoto, embora nove pessoas ainda não tinham sido localizadas.

O porta-voz, que lembrou que as autoridades do país falam em 7.802 mortos e cerca de 16 mil feridos, assegurou que o trabalho de seus funcionários no país e em Paris “permitiram dissipar a inquietação” sobre os desaparecidos franceses.

Mais de 3 mil franceses foram localizados sãos e salvos.

Cerca de 30 agentes do centro de crise e de apoio da Embaixada francesa no Nepal, agentes de segurança civil e especialistas do Instituto de Pesquisa Criminal da Gendarmaria trabalharam na localização dos franceses no Nepal.

A célula de crise do Ministério das Relações Exteriores registrou 18,7 mil chamadas.