Fracassa 2ª tentativa de recuperar parte do avião da AirAsia

A fuselagem está a uma profundidade de 30 metros, no Mar de Java. Os corpos do piloto e do copiloto do acidente da AirAsia podem estar lá

Pangkalan Bun, Indonésia – A segunda tentativa de trazer à superfície a fuselagem do avião da AirAsia falhou neste domingo. Esta parte da aeronave afundou novamente quando uma corda que ligava os destroços aos balões de ar se rompeu assim que a fuselagem foi erguida.

Manahan Simorangkir, porta-voz da Marinha, afirmou que fortes correntes no Mar de Java foram o principal obstáculo neste domingo. Ele disse também que mergulhadores recuperaram o corpo de um passageiro durante a operação. Até o momento, 70 corpos foram retirados do voo 8501, que caiu em 28 de dezembro com 162 pessoas a bordo.

A primeira tentativa de trazer a fuselagem à superfície falhou quando alguns balões esvaziaram. Mergulhadores chegaram à fuselagem pela primeira vez na sexta-feira, e recuperaram seis corpos. Acredita-se que a maior parte dos corpos das vítimas está dentro desta parte do avião.

A fuselagem está a uma profundidade de 30 metros, no Mar de Java. A cabine do piloto foi encontrada a cerca de 500 metros dali e os corpos do piloto e do copiloto podem estar lá.

A queda do avião pode ter sido causada pelo mau tempo. Pouco antes de a aeronave desaparecer dos radares, os pilotos pediram autorização para mudar a altitude e evitar nuvens densas, mas a permissão não foi concedida devido ao tráfego aéreo intenso. Fonte: Associated Press.