Foz do Iguaçu e rio Amazonas são escolhidos maravilhas da natureza

Resultados preliminares mostram que os dois locais no Brasil estão entre as sete principais maravilhas naturais do planeta

Bogotá – O Rio Amazonas e as Cataratas do Iguaçu foram escolhidas nesta sexta-feira como duas das novas maravilhas naturais, em uma votação que contou com a participação de milhares de pessoas através de votos pela internet e mensagens de texto.

A nova lista é completa com: baía de Halong, no Vietnã; Komodo, na Indonésia; a ilha de Jeju, na Coreia do Sul; a Montanha da Mesa, na África do Sul; e o rio subterrâneo de Puerto Princesa, nas Filipinas, segundo os resultados da votação, ainda preliminar, que foi divulgada pelo site new7wonders.com.

Após a confirmação do Rio Amazonas como uma das novas maravilhas, os moradores da cidade de Iquitos – capital do departamento (estado) Loreto, a maior região amazônica do Peru -, fizeram uma verdadeira festa para comemorar a nomeação, com direito a um banho no próprio Amazonas.

O concurso é uma iniciativa do empresário suíço Bernard Weber, fundador da empresa New Open World Corporation, que agradeceu o apoio e afirmou que quem participou do concurso demonstrou “uma preocupação com algo que é muito importante para todos nós: nossa casa, a Mãe Terra”.

No total, o concurso recebeu mais de 450 candidaturas, mas apenas 77 foram selecionadas para a segunda etapa, das quais um painel de especialistas escolheu as 28 que chegaram à votação final. Das 28 finalistas, sete candidaturas procediam da América, cinco da Europa, duas da África, três da Oceania e 11 da Ásia.

Com uma extensão de 6.800 quilômetros, o Rio Amazonas é o mais longo do mundo, sendo que sua bacia é considerada o pulmão verde do planeta por sua enorme biodiversidade, abrangendo territórios do Peru, Equador, Colômbia, Venezuela e Brasil, entre outros países.

Já as Cataratas do Iguaçu, formadas por 275 quedas de até 80 metros de altura, é alimentada pelas águas do rio homônimo e fica na fronteira entre Argentina e Brasil, próxima ao Paraguai.