Apesar de se alinhar a Trump, Fox apoia CNN em processo contra Casa Branca

Apesar de ser concorrente da CNN e se alinhar a Trump, companhia afirmou que as credenciais de imprensa "jamais deveriam ser usadas como armas"

A Fox News afirmou nesta quarta-feira, 14, que irá se unir à concorrente CNN em sua batalha legal para restaurar o acesso do repórter Jim Acosta à Casa Branca, alegando que as credenciais de imprensa “jamais deveriam ser usadas como armas”.

A Fox, que geralmente é elogiada pelo presidente americano Donald Trump, disse que a revogação da credencial do repórter da CNN levanta preocupações sobre a liberdade de imprensa.

“A Fox News apoia a CNN em seu esforço legal para recuperar a credencial de imprensa de seu repórter na Casa Branca”, afirma o presidente do canal de notícias Jay Wallace em um comunicado. “Pretendemos apresentar um amicus brief com o Tribunal Distrital dos Estados Unidos. As credenciais do Serviço Secreto para que os jornalistas possam trabalhar na Casa Branca nunca deveriam ser usados como armas. Embora não toleremos o crescente antagonismo entre o presidente e a imprensa nos recentes encontros com os meios de comunicação, nós apoiamos uma imprensa livre, acesso e abertura de trocas com o povo americano.”