Fortes chuvas no sul da Espanha deixam 3 mortos

Algumas localidades estão com seus acessos interditados e a força da água arrasta veículos pelas ruas, segundo fontes municipais

Málaga (Espanha) – Uma menina de seis anos e um homem de idade avançada morreram nesta sexta-feira na cidade de Puerto Lumbreras, no sudeste da Espanha, como consequência das fortes chuvas que atingem a região de Múrcia nas últimas horas.

Segundo fontes do governo regional de Múrcia, ainda não se sabem as circunstâncias da tragédia, e se desconhece se há mais mortos nessa área.

Essas duas mortes se somam a de outra mulher que morreu na região da Andaluzia por causa das intensas chuvas. As autoridades regionais emitiram uma ordem de evacuação para cerca de cinco mil pessoas que vivem nas regiões afetadas.

A mulher faleceu na cidade de Álora, na província de Málaga, onde um grupo de 12 pessoas, entre elas o marido, teve que ser resgatado, informaram as autoridades locais.

Algumas localidades estão com seus acessos interditados e a força da água arrasta veículos pelas ruas, segundo fontes municipais.

Outras fontes informaram que um morador da cidade de Archidona, também em Málaga, está desaparecido e várias pessoas tiveram que ser resgatadas dos telhados de suas casas devido ao aumento do nível do rio que corta a cidade e da forte correnteza que impediu o resgate com lanchas.

A Agência Estatal de Meteorologia ativou o alerta vermelho (risco máximo) na província de Málaga por causa das chuvas previstas durante o dia, assim como nas províncias de Granada, Sevilha, Almeria e Córdoba.


As fortes chuvas interromperam o fornecimento de energia elétrica em várias localidades e causaram a interdição da ferrovia por conta do acumulo de água em vários trechos entre Málaga e Sevilha, afetando os serviços de média e longa distância, inclusive a comunicação das províncias com Madri e Barcelona.

O governo regional da Andaluzia ativou o Plano Provincial de Emergências depois da inundação de parte de um hospital da província de Almeria e preparou a evacuação dos pacientes diante da possibilidade de ter que transferi-los para outro hospital.

A queda de uma ponte em Vera (Almeria) obrigou a interrupção do trânsito em uma estrada. Além disso, a circulação teve que ser interrompida em outras estradas secundárias da Andaluzia.

O temporal afeta outras 24 províncias do leste da Espanha, especialmente o litoral mediterrâneo e está previsto que continue até este sábado.