Forte terremoto atinge Taiwan e assusta população

Serviço Geológico dos Estados Unidos estipulou em 6,4 a magnitude do cismo; não há relatos de vítimas

Taipé — Um terremoto de magnitude 6,1 atingiu a cidade costeira taiwanesa de Hualien, nesta quinta-feira, estremecendo prédios e paralisando temporariamente o serviço de metrô na capital Taipé, mas não houve relatos imediatos de danos ou mortes.

Uma filmagem mostrou estudantes sendo retirados de prédios depois que foi registrado o maior tremor deste ano na ilha fortemente industrializada, segundo o departamento de meteorologia.

Cerca de 100 pessoas foram retiradas de um prédio na Cidade de Taipé, ao passo que duas pessoas foram atingidas pela queda de pedras na turística Hualien, informou o governo.

Enquanto breves cortes de energia foram reportados em alguns distritos de Taipé, segundo a agência Central News, a operação de usinas e serviços de refino de petróleo permaneceu normalizada, de acordo com o governo.

O governo montou um centro de reação ao desastre após o terremoto, que ocorreu a uma profundidade de 18 quilômetros, segundo o departamento de meteorologia. Outros tremores de magnitude superior a 5,0 são uma possibilidade nos próximos dias, informou o departamento.

A presidente do país, Tsai Ing-wen, disse que o serviço dos trens de alta velocidade no norte de Taiwan, entre Taipé e a cidade vizinha Taoyuan, estava temporariamente suspenso.

Em sua página oficial do Facebook, Tsai disse que pediu às autoridades “para reunir informações de todos os lugares e conferir se há qualquer dano e, se houver, reagir o mais rápido possível.”

O Serviço Geológico dos Estados Unidos estipulou em 6,4 a magnitude do cismo, acrescentando que o tremor atingiu uma profundidade de 15 quilômetros a partir de Hualien.

Em fevereiro de 2018, um tremor de magnitude 6,4 devastou Hualien, derrubando prédios, além de provocar grandes fissuras em vias da cidade e provocar pânico entre os cerca de 100 mil moradores.

Taiwan, uma ilha auto-governada que a China considera sua, está localizada próximo a junção de duas placas tectônicas e é propensa a terremotos.

Mais de 10 pessoas morreram em um cismo no sul da ilha em 2016, e um terremoto de magnitude 7,6 matou mais de 2 mil pessoas em 1999.