Forte tempestade deixa 2 mortos e vários feridos na Holanda

Em um dos acidentes, um homem de 62 anos que saiu de seu caminhão para tirar um galho da estrada foi atingido por outro, que o matou na hora

Haia – Pelo menos duas pessoas morreram e outras seis ficaram feridas nesta quinta-feira como resultado da forte tempestade que atinge a Holanda e que acarretou o corte de algumas estradas e o cancelamento de trens e de voos.

Em um dos acidentes, um homem de 62 anos que saiu de seu caminhão para tirar um galho da estrada foi atingido por outro, que o matou na hora, na cidade de Wesenberg, ao norte da Holanda, informou a polícia local da região em sua conta oficial no Twitter.

A segunda vítima mortal foi outro homem que estava dentro de seu veículo quando foi atingido por uma árvore, na região de Enschede, ao leste do país.

Em outro incidente, o motorista de um ônibus escolar ficou gravemente ferido e cinco crianças sofreram lesões de diversa consideração, depois que o veículo se chocou contra uma árvore por causa da tempestade na região de Brabante, ao sul da Holanda.

A tempestade, com ventos de até 143 quilômetros por hora, ativou hoje o código vermelho na Holanda e provocou também o fechamento temporário do espaço aéreo dos aeroportos de Amsterdã e Roterdã, acarretando o cancelamento de centenas de voos.

Ambos aeroportos anunciaram que o espaço aéreo começou a reabrir de forma gradual a partir do meio-dia (horário local, 9h em Brasília) e as previsões indicam que boa parte da tempestade perderá força no começo da tarde.

Alguns passageiros, que entraram nos seus aviões quando o espaço aéreo ainda estava aberto, se viram obrigados a permanecer no interior das aeronaves.

A imprensa local informa que se trata da tempestade mais forte desde 1990 e as autoridades recomendam que os caminhões que viajam sem carga adiem sua saída, uma vez que alguns tombaram na estrada.