Forno solar dessaliniza água do mar

Italiano resolveu criar o aparelho por se comover com a crise mundial de água

São Paulo – O italiano Gabrielle Diamanti desenvolveu uma tecnologia capaz de transformar água do mar em água potável. O Eliodomestico também funciona como um forno solar.

Diamanti resolveu criar o aparelho por se comover com a crise mundial de água. Ele usou toda a sua experiência e habilidade para criar esse equipamento para ajudar as comunidades que sofrem com excesso de água salgada, mas tem pouca água doce.

Um dos pontos de destaque do Eliodomestico é que ele usa uma tecnologia simples que não deixa de ser eficiente. O aparelho funciona como um coador de cabeça para baixo capaz de dessalinizar a água salgada.

O forno é feito de cerâmica e é divido em três partes principais. O recipiente preto é por onde a água salgada é armazenada. Isso permite que a água crie vapor quando recebe a luz do Sol. Esse vapor é empurrado pela pressão por meio de um tubo. Então, ele condensa contra a tampa do forno, na parte inferior. Em seguida, escorre para a bacia de coleta.

Diamanti explica que a estrutura consegue produzir até cinco litros de água potável por dia. Além disso, o forno foi projetado com uma estrutura ideal para ser carregado na cabeça, método muito usado na África subsaariana.

O preço da fabricação é estimado em 50 dólares. Diamanti também fez questão de que o Eliodomestico tivesse código aberto. Assim, é possível que o equipamento receba novas funções e que as famílias necessitadas possam até mesmo desenvolver seu próprio aparelho.