Forças iraquianas matam 30 jihadistas do EI no nordeste do país

Ofensiva tinha como objetivo acabar com agrupamentos jihadistas nos arredores da comarca de Al Hauiya

Erbil, Iraque – As forças iraquianas mataram pelo menos 30 jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) na província de Kirkuk, no nordeste do país, durante uma operação militar que começou ontem e terminou nesta segunda-feira.

O comandante das Operações de Kirkuk, o general Ali Omran, detalhou em comunicado que a ofensiva tinha como objetivo acabar com agrupamentos jihadistas nos arredores da comarca de Al Hauiya, libertada dos terroristas no último mês de outubro.

Na sexta-feira passada as forças iraquianas tomaram o controle da comarca de Raua, na província ocidental de Al Anbar, que era a última área povoada dominada pelo EI no território iraquiano.

No Iraque o grupo terrorista ainda domina algumas áreas desérticas no oeste do país, perto da fronteira com a Síria.

O EI perdeu no último ano todos seus domínios no Iraque e grande parte deles em território sírio, onde tinha declarado um “califado” em 2014 quando chegou a controlar amplas áreas de ambos países.