Filme sobre massacre de Oslo choca a Noruega

Apesar do protesto dos familiares das 69 vítimas, e dos apelos das autoridades norueguesas, o YouTube não tirou o vídeo do ar

A estreia de Utoya Island, de Vitaliy Versace, está prevista para 2012. As reações a ele, no entanto, já começaram na Noruega. Postado no YouTube no final de setembro, um trailer de menos de um minuto e meio do filme, que pretende reconstituir o massacre realizado em julho pelo maniaco Anders Behring Breivik, numa ilha nas imediações de Oslo, levanta agora uma forte oposição de familiares das vítimas e políticos da Noruega.

No trailer, um grupo de adolescentes é transportado de barco para a ilha de Utoya, sob o olhar de um jovem loiro com uniforme da polícia, de metralhadora em punho

Segue-se o horror. O assassino persegue os adolescentes que tentam fugir. Os gritos das vítimas, abatidas nas margens do lago ou já dentro da água, preenchem o restante do trailer.

Apesar do protesto dos familiares das 69 vítimas, e dos apelos das autoridades norueguesas, o YouTube não tirou o vídeo do ar. Ele pode ser visto após o aviso: “O conteúdo a seguir foi identificado pela comunidade do YouTube como sendo potencialmente ofensivo ou inapropriado. Contamos com o seu bom senso para decidir se deseja assisti-lo ou não”.

Vitaliy Versace, nascido em Moscou e criado nos EUA, tem uma trajetória errática. Produziu o sucesso da animação Persépolis, sobre a vida dos jovens no Irã fundamentalista, e o drama Estão Todos Bem, com astros de Hollywood como Robert De Niro e Drew Barrymore. Mas também tem no currículo uma série de produções B, com O Último Vampiro Sobre a Terra.

Confira abaixo o trailer do filme: