Filhos de Romney não queriam pai na disputa da Casa Branca

Eles temem o assédio da imprensa e uma mudança drástica em suas vidas

Washington – Alguns filhos do candidato republicano à presidência americana Mitt Romney desejavam que o pai não disputasse a Casa Branca, temendo o assédio da imprensa e uma mudança drástica em suas vidas.

Os filhos do republicano manifestaram as preocupações durante uma participação em um programa do canal TBS.

Josh Romney afirmou que a família está “nervosa” sobre a campanha presidencial, antes de acrescentar: “Nossas vidas estão bastante bem assim”.

“Reconhecemos que é bom para o país que nosso pai compita, mas não é necessariamente bom para nós. Tentaremos manter nossas vidas o mais normais e consistentes possíveis nos próximos anos”, destacou.

“Tentei convencê-lo a não disputar. Penso que alguns de nós tentamos isto”, disse Matt Romney.

“Para nós, como família, não é o melhor. Mas, como Josh disse, para o país acreditamos que é o correto”, completou. Quatro dos cinco filhos do candidato teriam sido contrários ao desejo do pai.

Romney, que será formalmente indicado como candidato do Partido Republicano em agosto, enfrentará o presidente democrata Barack Obama nas eleições de 6 de novembro.