Filho de Trump recebeu US$ 50 mil para participar de evento

Donald Trump Jr. recebeu ao menos US$ 50 mil para aparecer em um evento ocorrido em outubro do ano passado, em Paris

Washington – O filho mais velho do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu ao menos US$ 50 mil para aparecer em um evento ocorrido em outubro do ano passado, em Paris, cujos patrocinadores são aliados do governo da Rússia em seus esforços para encerrar o conflito na Síria.

Donald Trump Jr. Participou de um jantar no dia 11 de outubro no Hotel Ritz, em Paris, criado pelo Centro de Relações Políticas e Exteriores.

O presidente do think tank, Fabien Baussart, e sua esposa síria, Randa Kassis, têm cooperado com a Rússia no conflito sírio, dizem autoridades norte-americanas, europeias e árabes.

Em dezembro, Baussar indicou formalmente o presidente Vladimir Putin para o Prêmio Nobel da Paz. Randa, por sua vez, é líder de uma facção política apoiada pela Rússia nas negociações para encerrar o conflito na Síria.

O casal afirmou que não representa a Rússia e se focam exclusivamente em procurar soluções para a guerra síria.

A reunião de outubro representa mais um elo dos contatos descobertos desde o ano passado entre membros dos círculos mais próximos a Trump e indivíduos ligados a Moscou ou a interesses no país.

Uma investigação de contra-inteligência nos Estados Unidos tem analisado contatos com a Rússia envolvendo pessoas próximas ao republicano, incluindo o secretário de Justiça Jeff Sessions, de acordo com membros a par das investigações. Não está claro, no entanto, se o próprio presidente ou seu filho fazem parte dos investigados.

Donald Trump Jr. É atualmente vice-presidente-executivo das Organizações Trump, uma incorporadora fundada por seu pai, e era o principal funcionário da campanha do republicano.

Questionadas pelo Wall Street Journal, as Organizações Trump não negaram o pagamento de US$ 50 mil pela aparição de Donald Trump Jr. no evento de outubro.

Fonte: Dow Jones Newswires.