Filho de Trump nega que seu pai seja racista

Eric Trump disse que a "única cor" que interessa ao pai é "o verde", em referência ao dólar e à sua especial ênfase no âmbito econômico

Washington – Eric Trump, filho do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira que seu pai “não vê raças” e a “única cor” que lhe interessa é “o verde”, em referência ao dólar e à sua especial ênfase no âmbito econômico.

“Meu pai vê uma única cor: o verde. Se preocupa com a economia”, afirmou Eric, de 34 anos, que administra junto ao seu irmão Donald Jr. os negócios do presidente americano desde janeiro de 2017.

“Não vê raças. É a pessoa menos racista já conheci em toda a minha vida. Isso não faz nenhum sentido”, disse ao comentar as recentes alegações de racismo contra Donald Trump após ser acusado de se referir a Haiti, El Salvador e outros países africanos como “buracos de merda”.

Em seguida, Eric Trump ressaltou que a taxa de desemprego entre afro-americanos é a menor já registrada e lamentou que a imprensa não dá “o crédito” merecido ao seu pai.

Os comentários de Eric coincidem com o que foi expressado pelo presidente americano, que negou taxativamente ser racista e apontou o bom comportamento da economia ao longo do seu primeiro ano de mandato.