Fifa não decidirá antes de 2014 a data da Copa do Catar-2022

A Fifa fará uma consulta com todas as partes para mudar as datas da Copa do Mundo de 2022, que poderia ser disputada no inverno e não no verão, como é tradição

Zurique – A Fifa fará uma consulta com todas as partes para mudar as datas da Copa do Mundo de 2022, que poderia ser disputada no inverno e não no verão, como é tradição, anunciou o presidente da entidade, Joseph Blatter.

“O comitê executivo (da Fifa) decidiu iniciar uma consulta de todas as partes envolvidas sobre as datas do Mundial do Catar”, escreveu Blatter no Twitter.

O dirigente suíço completou que “nenhuma decisão será tomada antes da Copa de 2014 no Brasil”.

Blatter decidiu em julho introduzir no progama do comitê executivo o estudo da mudança de datas do Mundial, que seria disputado no inverno, com o objetivo de evitar o calor de quase 50 graus do verão no país.

Até agora, Blatter havia permanecido neutro sobre o tema, ao contrário de Michel Platini, presidente da Uefa, que defende a Copa do Catar-2022 no inverno.

As 54 federações europeias concordam com o princípio de um Mundial no inverno, mas desejam um processo de consulta de todas as partes envolvidas (ligas, jogadores, clubes e federações).

Os debates prometem ser longos, inclusive dentro de um país: a posição da Federação Inglesa não é a mesma da Premier League, que teme o caos em uma eventual mudança de calendário.

A Austrália pretende pedir indenização para as candidaturas perdedoras da Copa de 2022, que apresentaram um programa de competição para o verão e não o inverno.