Federação Francesa é revistada por conexão com Blatter

O fato de as instalações da FFF terem sido revistadas se relaciona com o polêmico pagamento por parte de Blatter de 1,8 milhão de euros ao ex-presidente da Uefa

As autoridades francesas apreenderam documentos durante buscas realizadas na sede da Federação Francesa de Futebol (FFF), em Paris, por conexão com a investigação contra o ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou nesta quarta-feira a justiça suíça.

O fato de as instalações da FFF terem sido revistadas se relaciona com o polêmico pagamento por parte de Blatter de 1,8 milhão de euros ao ex-presidente da União Europeia de Futebol (Uefa) Michel Platini.

Blatter, que nesta quinta-feira fará 80 anos e foi indiciado em 24 de setembro por suspeita de gestão desleal e abuso de confiança, declarou à AFP estar muito surpreso com as buscas na FFF.

“Estou muito surpreso pela única razão que os 1,8 milhão de euros que a Fifa pagou a Michel Platini em um contrato verbal que existe entre Michel Platini e eu não foram depositados na FFF nem na Uefa, e sim em uma conta particular de Michel Platini, em um banco suíço”, afirmou.

No último dia 24, Blatter e Platini tiveram suas suspensões reduzidas de oito para seis anos, após o recurso de ambos os dirigentes ser julgado pela comissão de apelação da Fifa. Os dois foram suspensos de toda atividade ligada ao futebol no dia 21 de dezembro.

Os dois cartolas foram punidos por conta de um pagamento suspeito de 1,8 milhão que o ex-craque francês recebeu do suíço em 2011, por um trabalho de consultoria encerrado em 2002, sem que seja comprovada existência de um contrato entre ambas as partes.