FBI prende jovem que tentou explodir bomba em banco

O jovem, identificado como Jerry Drake Varnell, tinha pensado inicialmente em um ataque contra o edifício do Federal Reserve (Fed), em Washington

Washington – O FBI prendeu neste sábado um jovem americano que tentou explodir uma bomba ao lado de um banco de Oklahoma por seu ódio ao Governo Federal, e inspirado no atentado ocorrido em 1995 na cidade, no qual morreram 168 pessoas, informou nesta segunda-feira a imprensa local.

O jovem, identificado como Jerry Drake Varnell, tinha pensado inicialmente em um ataque contra o edifício do Federal Reserve (Fed), em Washington, com um procedimento similar ao usado por Timothy McVeigh em 1995, mas ao final escolheu uma agência do BancFirst no centro de Oklahoma.

De acordo com documentos judiciais obtidos por meios de comunicação americanos, quando perguntado sobre a mudança de alvo, o jovem de 23 anos respondeu: “Não quero matar um montão de gente”.

Como McVeigh, Varnell usou uma caminhonete para transportar a bomba. Mas o jovem, que faz parte de um grupo antigovernamental de extrema-direita, não sabia que os materiais fornecidos por um suposto especialista para fabricar o explosivo eram falsos e que essa pessoa era na verdade um agente enviado pelo FBI quando recebeu pistas sobre seu plano.

O FBI seguiu seus passos durante meses em uma longa investigação sobre terrorismo doméstico, segundo o testemunho de fontes judiciais.

Varnell agora pode ser condenado uma pena de até 20 anos por tentar usar explosivos para destruir um edifício.

O jovem confessou à justiça sua admiração por Timoty McVeigh, o autor do atentado que destruiu um prédio governamental na cidade Oklahoma, causando 168 mortos e 400 feridos.

McVeigh, um ex-soldado condecorado na guerra do Golfo e vinculado a grupos paramilitares de extrema-direita, foi condenado à morte e executado em junho 2001.