Família de adolescente processado é 1ª a ser despejada por distúrbios

Segundo a decisão da justiça, responsáveis pelos ataques devem pagar um "preço justo por sua conduta"

Londres – O pai de um adolescente processado pelos distúrbios em Londres, cujo apartamento onde vive como inquilino pertence a um programa social, recebeu nesta sexta-feira uma ordem de despejo, a primeira emitida desde o início da onda de violência na Inglaterra.

O despejo foi decidido pelo conselho municipal do distrito de Wandsworth, no sul de Londres, cuja responsável, Ravi Govindia, justificou a decisão pela necessidade de que as pessoas que causaram os danos em casas e lojas da região paguem um “preço justo por sua conduta”.

Govindia declarou que a Polícia do distrito seguirá trabalhando com os juízes para identificar outros moradores de apartamentos de programas sociais que possam estar envolvido nos distúrbios.

Além disso, insistiu que a maioria dos cidadãos que vivem em imóveis públicos são pessoas “decentes” às quais as autoridades devem medidas como esta, que representam uma mensagem clara de que este tipo de violência “não será tolerado”.