Exposição em Londres marca 40 dias de prisão de artista chinês

Instalação em Londres homenageia Ai Weiwei, preso em Pequim no dia 3 de abril

São Paulo – Há mais de um mês preso, o artista chinês Ai Weiwei é homenageado com a inauguração de uma instalação de sua autoria em Londres, na Inglaterra. Chamada “Circle of Animals” (Círculo de Animais), a exposição reúne 12 esculturas de cabeças de animais do zodíaco chinês. A mostra já esteve no Brasil, durante a Bienal 2010, e em Nova York, no início deste mês.

Conhecido mundialmente por suas críticas ao governo da China, Weiwei foi preso por autoridades em Pequim, no dia 3 de abril, e seu destino permanece desconhecido. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, ele é acusado de “crimes econômicos”.