Explosões deixam vítimas na segunda maior cidade da Síria

Cidade sofre ataques entre simpatizantes da ditadura de Bashar al-Assad e forças rebeldes na região

Cairo – Várias pessoas morreram e outras ficaram feridas nesta sexta-feira em um duplo atentado contra duas sedes das forças da ordem em Aleppo, a segunda maior cidade da Síria, informou a televisão oficial.

A emissora precisou que se trata de um ataque terrorista contra um edifício da Polícia Militar e uma sede das forças antidistúrbio.

Um morador de Aleppo, Suleiman al Halabi, dirigente da opositora Comissão Geral da Revolução Síria, confirmou à Agência Efe que a primeira explosão aconteceu em um edifício da Polícia Militar no bairro de Novo Aleppo.

‘A explosão ocorreu na parte frontal do edifício, cujas janelas ficaram destruídas, e afetou comércios e casas próximas’, apontou Halabi.

O ativista opositor destacou que depois da explosão foram ouvidos disparos na zona e que as autoridades fecharam todos os acessos ao local do ataque.

Halabi assinalou que o segundo atentado aconteceu no bairro de Al Sajur, onde fica a sede das forças antidistúrbio e uma academia militar.